21.3 C
Soledade
quarta-feira, 25 de maio de 2022

Audiência Pública vai debater violência sexual contra crianças e adolescentes

Inciativa vem de encontro ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Acontece na quarta-feira, dia 18/05, em Mormaço, a 3ª Audiência Pública alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento está previsto para iniciar às 13h e 30min no Salão Paroquial da Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes.

Com palestras da delegada regional Fabiane Bittencourt e a psicóloga Luciane Sauthier, o encontro está sendo promovido pela Câmara Municipal de Vereadores e Administração Municipal.

Conforme o presidente do Poder Legislativo, vereador Edson Schroeder, a iniciativa vem com o objetivo de conscientizar a população sobre esse assunto tão importante e que, infelizmente, está presente na sociedade atual. “Essa audiência é de suma importância porque a exploração e abuso de crianças é um crime que afeta a vida das crianças e das famílias. O município de Mormaço não está livre disso, e é justamente por isso que estamos provendo esses encontros anualmente, com a preocupação de preservar nosso maior patrimônio, que são as crianças e a essência de suas famílias”, disse.

A audiência é aberta para toda a sociedade, não apenas de Mormaço, mas de toda a região, como comenta o vereador. “Todas as pessoas estão convidadas a participar desse evento. Estamos com boas expectativas, pois fizemos uma mobilização nas escolas municipais e estaduais, temos apoio da administração, principalmente da Secretaria Municipal de Educação, e com certeza vai ser um grande evento, a exemplo dois últimos dois que realizamos”, acrescenta.

Edson ressalta que a Câmara de Vereadores não pode se omitir em assuntos como esse. “Não é de hoje que o nosso município sofre com essa situação, e pensamos que a Câmara de Vereadores não pode se omitir. Temos que participar e observamos a necessidade de trazer pessoas com conhecimento e que trabalham na área para falar com as crianças, jovens e famílias sobre o quanto são graves esses crimes”, concluiu.

A psicóloga Luciane Sauthier, que estará palestrando na audiência, destaca que a sociedade precisa retirar as vendas dos olhos, pois o abuso e ofensa sexual são muito mais frequentes que o número apontado nas estatísticas. “O tabu que ainda envolve esse tema, impede que possamos acolher e atender às vítimas de forma adequada. Portanto, iniciativas como essas são de extrema relevância”, frisa.

Ela pontua que na audiência pretende focar nos sinais através da leitura do comportamento das vítimas. “Toda pessoa abusada demonstra, se não diretamente, de forma indireta que está em estado de sofrimento. Por exemplo, uma criança que muda seu comportamento repentinamente, não tendo nenhum motivo claro, deve ser investigada e sempre levantada a hipótese de abuso. A ideia de que: ‘com meu filho não vai ou pode acontecer’ é muito errônea, pois só reforça um estado de negação. Qualquer pessoa, infelizmente, pode passar por uma situação traumática de violência sexual”, concluiu.

Quem também vai estar falando sobre a temática no evento é a delegada Fabiane Bittencourt, que destaca o mês de maio como a oportunidade uma maior reflexão com relação ao tema e que o assunto não deve ser esquecido, mas discutido o ano inteiro. “Nós temos um índice elevado na nossa região de violência sexual contra as nossas crianças e jovens, e viemos lutando para modificar essa realidade. Temos percebido uma redução nesse índice e isso graças ao trabalho de conscientização que vem sendo realizado há algum tempo”, considera.

Por fim, Fabiane pontua a importância do envolvimento da sociedade como um todo nessa pauta, principalmente em eventos que abordem a temática. “Mormaço tem sido uma cidade que tem levantado muito esse tema. O Edson, enquanto vereador, tem atuado nesse sentido, tanto que todos os anos temos participado de atividades no mês de maio junto a cidade para fins de conscientização. Então, deixo minha gratidão e os parabéns a essas pessoas que tem se empenhado e dedicado a lutar por essa causa tão relevante na sociedade”, concluiu.

Destaques

Últimas notícias