19.6 C
Soledade
segunda-feira, 06 de dezembro de 2021

UERGS Soledade ofertará novo curso de graduação

A UERGS (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul), Unidade Botucaraí/Soledade, realizou uma audiência pública virtual na tarde de quarta-feira, 20/10, para apresentar a proposta de um novo curso de graduação para a região.

A reunião teve como propósito iniciar um diálogo com a comunidade de Soledade e região em relação às perspectivas da Unidade, já que a mesma se encontra em um momento de reestruturação do PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional).

Desde 2015, tem se pensado e discutido sobre a proposta da implantação do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na Unidade. Agora, no ano em que completa 20 anos de existência, a UERGS tem intensificado ainda mais a proposta, a fim de torná-la realidade e consolidar a Unidade ainda mais.

O curso disponibilizará 30 vagas anuais, com turno integral e na modalidade presencial. Na oportunidade, a professora Marta Martins Barbosa Prestes falou sobre as pesquisas realizadas para saber quais cursos a comunidade gostaria que a universidade disponibilizasse. “Até o momento, trabalhamos com apenas um curso, mas desde de 2015, nós já viemos sondando a comunidade em relação a quais cursos seriam interessantes a serem oferecidos pela UERGS. A partir disso, fizemos um trabalho intensivo nas escolas de ensino médio de toda a região do Alto da Serra do Botucaraí, além de pesquisas em feiras, onde mais de duas mil pessoas participaram, questionando os estudantes sobre quais seriam os cursos de interesse para cursar universidade, além das pesquisas com as prefeituras, CRE e demais entidades dos municípios”, explica.

Por meio da pesquisa, como resultado, dois cursos foram elencados: o primeiro de Agronomia e o segundo de Ciências Biológicas. “Somos cientes da carência nas escolas de professores em várias áreas de formação, dentre elas, a de Biologia. Por isso, esse curso vem para tentar suprir essa carência, e a nossa ideia é essa, respaldada pela comunidade de Soledade e região, para pleitear que a Unidade possa ter um segundo curso, a fim de que consigamos atender de melhor forma comunidade e ampliar as atividades da universidade, consolidando-a ainda mais em Soledade e região”, destaca a professora.

Prefeita de Soledade e presidente da AMASBI (Associação dos Municípios do Alto da Serra do Botucaraí), Marilda Borges Corbelini, também esteve acompanhando a audiência pública

A prefeita de Soledade e presidente da AMASBI (Associação dos Municípios do Alto da Serra do Botucaraí), Marilda Borges Corbelini, também esteve acompanhando a audiência pública e comentou sobre a importância deste novo curso para a região. “Eu tive a oportunidade de participar da luta para trazer a UERGS para Soledade, por sabermos da qualidade da educação, na prestação de serviços e na possibilidade de que muitos soledadenses e alunos da região pudessem fazer um curso de forma presencial e totalmente gratuito”, destacou.

“Desde a instalação da universidade, já pudemos perceber a demanda atendida dentro da Gestão Ambiental, onde temos excelentes profissionais que cursaram e hoje já estão no mercado de trabalho”, considerou a gestora.

Marilda afirma que o curso de Ciências Biológicas vem para atender uma demanda bastante crescente em Soledade e região. “Eu sou professora e diariamente observamos a falta de profissionais com boa qualificação para atender essa demanda, porque nós temos essa necessidade no ensino fundamental e no médio dentro da área de Biologia, e muitas vezes é difícil encontrarmos o profissional que procuramos. Por isso, penso que esse curso vem de encontro às necessidades, e será muito bom se a curto prazo pudermos oferecer outros também”.

Por fim, ela pontua que o curso abrirá um leque de oportunidades para os estudantes. “Sempre fomos e sempre seremos parceiros em diversas atividades da universidade, pois queremos caminhar ao lado da UERGS, uma vez atende e faz a diferença nos municípios da nossa região”, finalizou.

Destaques

Últimas notícias