23.4 C
Soledade
quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Até onde vai o pensamento individual?

Soledade está em clima natalino, com uma decoração fantástica, que nos reporta todo o sentido e magia do Natal. A cidade nunca esteve tão bonita, e grande parte da população também está entrando nessa onda, enfeitando suas casas e empreendimentos, cada um fazendo a sua parte, e isso reflete na beleza incontestável que a nossa cidade apresenta.

É notório a movimentação das associações, entidades, empresas particulares, e cada um contribuindo um pouquinho, vamos poder desfrutar de um belíssimo Natal. Claro, há algumas exceções, pois ainda vemos pessoas puxando entulho para a avenida, e quem dirá nos bairros. Diante disto, cabe a nós, pensarmos mais no coletivo, em cada um fazer a sua parte pensando no próximo.

Nós precisamos do sentimento de coletividade em tudo, porque ainda há pessoas que se manifestam e não pensam no coletivo, a exemplo da vacinação. Por isso, acredito que a chegada do espírito natalino pode ser um grande impulsionador para o coletivismo, seguindo as leis nesse sentido do passaporte vacinal.

Além disso, penso que seria necessário criar alguma determinada lei para a questão do entulho, para que seja colocado e recolhido nos dias certos. Também, gostaríamos de uma resposta sobre o que a população pensa e acha quanto à essa situação, porque uma cidade como Soledade, com uma avenida linda e maravilhosa, por causa de um ou dois, passa a falsa-imagem de um povo sem capricho. E isso é uma inverdade, uma vez que a cidade toda não deve pagar pela atitude de uma quantidade pequena de pessoas.

- Advertisement -

Quando alguém coloca entulhos nas ruas, especialmente no sábado e domingo, quando a cidade está esperando pessoas para virem ver o que temos de bonito, acaba manchando a imagem de todo o cidadão soledadense. Então, espero que o clima natalino possa tocar os corações de todos para que repensem sobre as próprias atitudes, visando sempre o coletivismo.

O nosso Natal é inspirador, brilhante e traz toda a magia desta data tão especial. Por isso, parabenizo a Thais Bedin e todo o pessoal do Centro Cultural pela dedicação e capacidade aplicada na decoração natalina da nossa cidade, porque é visível que Soledade nunca esteve tão linda quanto agora. Mas precisamos que o espírito coletivo prevaleça, e que as pessoas se conscientizem e cada um faça a sua parte.

Além disso, também espero que os órgãos reguladores cobrem essas pessoas para que se mantenham a lei e a ordem, porque quando acontece esse tipo de coisa, percebemos o quanto somos prejudicados por ações de alguns. Então, vamos abraçar o espírito natalino, pensando na coletividade. Essa é a minha reflexão para essa semana!  

Destaques

Últimas notícias