Empreendedorismo

Aqui, o lema é diversão

A história do empresário que ganha a vida levando divertimento para as crianças


Tio dos brinquedos, tio da van colorida ou simplesmente tio Aércio. Assim é chamado o empresário e proprietário da Animagia Diversões, Aércio Weber. Há 13 anos no mercado, nove em Soledade, Aércio entrou nesse ramo de diversão porque precisava pagar a faculdade de Jornalismo que cursava em Cruz Alta. “Eu trabalhava na rádio e tinha que complementar o valor da mensalidade, então consegui um trabalho extra na decoradora de Ijuí, uma das melhores do estado nesse ramo”, explicou.

Aércio contou que lá era ofertado um serviço de recreação e num desses eventos, precisou substituir uma das funcionárias. “Nesse dia, acabei me envolvendo nessa área e percebi que gostava de trabalhar com pessoas. Com isso, me propuseram uma sociedade e eu aceitei. A partir daí, eu tive certeza que era isso que eu queria e, então, foi ali que surgiu a Animagia”.

No início, a matriz era em Ijuí. Depois, passou para Espumoso, época que segundo Aércio, foi muito boa para o crescimento da empresa. Hoje, ele possui uma filial em Tapera. “Tudo começou comigo fazendo show com palhaços, um espetáculo que eu unia brincadeiras com uma pitadinha de sacanagem, que eu chamo ‘brincanagem’. Isso foi o que impulsionou a Animagia para o norte e nordeste do estado”.

Atualmente, na visão do empresário, a Animagia tornou-se especialistas em diversão, já que consegue abranger vários campos de diversão durante as festas. “Ao longo do tempo, fomos migrando para o ramo de festas e diversões variadas e a Animagia ganhou corpo e se transformou no que é hoje. Conforme fomos trabalhando, a empresa foi crescendo e, com isso, surgiu a oportunidade e acabei comprando a parte da minha sócia e ficando com toda a empresa”. 

Bem se sabe que nesse ramo, as coisas mudam rapidamente. Por isso, foi preciso inovar. Aí entrou em cena a criatividade de Aércio. “Com tantas coisas acontecendo, percebemos que as festas precisavam de novidades e a linha de brinquedos e de cama elástica estava crescendo. Então decidi investir nessa parte e comprei a primeira cama elástica para locação de festa. O restante, como malabares, perna de pau e outras atividades estava um pouco em baixa, então optei por migrar e transformar a Animagia para diversões”, revelou Aércio.

Para ele, existiram dois momentos importantes nessa caminhada: quando a empresa tornou-se especialista em diversão e em uma apresentação, que abriu o show do humorista Mulita. “Os dois períodos foram essenciais para a empresa decolar. A migração para diversão foi pontual porque eu estava com vontade de ampliar e ter um diferencial no mercado e ter a oportunidade de cruzar com um especialista em divertir as pessoas não tem sentimento que explique. Foi um trabalho bem diferente que me marcou muito”.

Outra história bastante interessante e, pode-se dizer gratificante, aconteceu com uma cliente de Tapera. “Eu fiz a festa infantil dela, os seus 15 anos, o seu casamento e o aniversário de um aninho do seu filho. A possibilidade desse fato continuar é enorme. São essas coisas que proporcionam emoções e que me dão mais certeza de que eu amo o que eu faço”, garantiu

De acordo com Aércio, a intenção dele sempre foi ser diferente e se destacar no que faz. “Por esse motivo, trabalhei e treinei minha equipe para ter um diferencial. Quando decidi entrar nessa área foi exatamente para isso: oferecer diversão aos meus clientes. Para mim, o importante é proporcionar divertimento para as crianças. Para você fazer qualquer coisa, é preciso ter amor. Se por acaso, está fazendo algo e não ama, é chegada hora de repensar”, pontuou.

Durante toda sua caminhada, por diversas vezes bateu aquela dúvida se largava o trabalho extra que tinha com os eventos e ficava só com o emprego fixo, mas jamais pensou em desistir por completo. “Não é fácil trabalhar sete dias na semana, principalmente nos finais de semana. Por isso fiquei balançado se trabalhava somente na área de formação ou não, mas como pude conciliar as duas coisas e vi que meu amor pelo que fazia e pelas crianças estava crescendo, toda dúvida acabou. Hoje, a minha vida é a Animagia”.

Lembra que no início dessa matéria, Aércio foi apresentado como tio? Pois é. Para ele, ser chamado assim, é gratificante. “O mais legal em trabalhar nesse ramo é ver as crianças crescendo. Perceber que você faz a festa infantil dela e mesmo que ela cresça, passa por você na rua e ainda te chama de tio. É maravilhoso. Isso ninguém tira de você”, finalizou.