Empreendedorismo

Construindo e conservando


“Sempre trabalhei com madeira, minha família toda trabalhava com madeira”, assim inicia a conversa, José Alaor Reis dos Santos, casado com Lurdes Nhoato, moradores do Tio Hugo e proprietários da Madeireira JAR Santos, localizada na Rua Paraná, 486, paralela à Rodovia 153.

De acordo com Zé, ele trabalhou em Cidreira, no grupo Habitasul anos antes, onde se especializou num curso de corte e exportação: “trabalhando como empregado fui adquirindo propriedades e reflorestando, passando por Tapera onde formei minha filha Carolinne e acabei me instalando no Tio Hugo, já há 8 anos, sendo q a empresa nasceu há apenas 3 anos”, conta Alaor.

Com uma reserva própria de suas propriedades do interior de Sinimbu, Zé hoje trabalha com madeira de boa qualidade e vê no Tio Hugo um grande potencial a ser explorado, e relata que as parcerias são essenciais para o crescimento da comunidade: “se todos os construtores trabalhassem em conjunto, o crescimento de uma cidade seria muito maior”, relata.

Alaor se diz ainda muito preocupado com a preservação, que não basta tirar da terra, mas também plantar e preservar as nascentes, cuidando assim do eco sistema e responsabilizando-se com os animais silvestres que ali vivem: “a madeira voltará a ser o que existe de melhor, pois ela tem vida, transmite tranquilidade e serenidade aos moradores, saindo daquele concreto morto e trazendo a energia da natureza”, destaca o madeireiro, que frisa que o desenvolvimento e o progresso devem andar juntos com a preservação.

O empreendedor da madeira deixa como conselho para os que estão iniciando em todas as áreas a organização: “seja pequeno ou não, se organizar é a base de todo negócio, além de gostar do que faz, sempre com coragem e com fé”, disse Alaor.