Tah Ligado

Do sonho à realidade


O grupo de RAP, “Dos Pampa Crew”, formado por quatro integrantes: Cristiano Gambatto, 30 anos, Sheyla Miranda Martins, 20 anos, Paulo Henrique Pedroso, 22 anos e William Motta de Abreu, 23 anos, vem trazendo novas ideias e locais para a comunidade soledadense. Cristiano, popularmente conhecido como Mano Gambatto relatou que escreve poesias e letras de Rap há mais ou menos 15 anos, e o processo de maturação de ideias, com a idealização para a formação de um grupo tornou-se um propósito para a criação de um projeto que já vinha sonhando há tempos.

Com isso, o grupo foi criando forma ao conhecer Crespo (Nego Will), natural de Porto Alegre, que havia residido em Soledade no ano de 2012. Gravaram dois trabalhos com o produtor musical, Saulo Bueno Dias, hoje atual produtor do grupo. O destino levou Will a morar em São Paulo, por cinco anos. Mas, a amizade e o contato pelas redes sociais continuaram. Assim, Mano Gambatto resolveu apresentá-lo à ideia dos seus projetos, que vai além da ideia inicial de um projeto musical.

O tempo passou e motivos maiores fizeram com que Will retornasse ao Sul, o que facilitou a volta do projeto. Em julho de 2017, quando o integrante voltou, a dupla focou durante quatro meses para compor, ensaiar e gravar músicas novas. Eles estavam certos que queriam compartilhar o sonho com mais artistas. Seu amigo e produtor de vídeo, Igor Brandão, mostrou um vídeo em que Paulo Henrique Pedroso (PH) estava cantando com seu timbre, um tom de voz mais grave, que chamou a atenção de Will e Mano Gambatto, assim entraram em contato e convidaram-no para participar de uma gravação e fazer parte do projeto.

Porém, o grupo, já formado por Mano Gambatto, Crespo e PH, sentia que faltava algo a mais para estarem completos. “Uma voz feminina seria ideal para completar o time, então comecei a observar as cantoras aqui do município de Soledade e logo saltou aos olhos o talento da Sheyla Miranda, que realizava alguns vídeos em redes sociais cantando. E com sua desenvoltura e simpatia, trazia consigo uma voz firme e ao mesmo tempo doce, cativando, assim, os integrantes do grupo”, relatou Mano Gambatto.

O grupo a convidou para participar e explicaram como seria o projeto, que estava prestes a se tornar realidade graças ao coletivo que se formou. “Desde então, o grupo surgiu a fim de representar o Rap gaúcho e para mostrar que o Rap vive e está em ascensão aqui no Sul do país. Somos dos pampas do sul, somos “Dos Pampa Crew”, enfatizou Gambatto. Sendo assim, a trajetória do Hip Hop, na cidade de Soledade, trouxe consigo o projeto idealizado pelo sonho de Cristiano Gambatto e desenvolvido com o apoio dos integrantes do grupo. 

“O grupo iniciou após um ciclo de mudança e estruturação dos planos para viabilização do Projeto “Casa da Cultura Quebra Cabeça”. O objetivo de Dos Pampa Crew é proporcionar uma constante experiência de autoconhecimento e expressão, que, através da vivência, possa-se transformar, modificar e inspirar pessoas a serem melhores, mais positivas em relação a sua própria vida. Pois tudo é percepção, e temos controle sobre nossas escolhas”, explicou Gambatto.

O grupo já possui diversos trabalhos gravados, com artistas de Soledade. “A intenção em fazer canções de Rap é para despertar nas pessoas a necessidade de expandir e desenvolver sua consciência, sabedoria e atitude, enfrentando, assim, com mais alegria, garra e esperança os problemas do cotidiano. Procuramos ser críticos, mas, ao mesmo tempo, apontar soluções para os problemas, pois problemas todos nós temos, o que nos difere dentro da sociedade é a capacidade de procurar soluções para resolvê-los” comentou o idealizador do grupo.

O momento mais marcante do grupo “Dos Pampa Crew” foi o clipe gravado pelos próprios rappers em diversos pontos turísticos de Soledade, e, também, pelo primeiro show aberto ao público, na Casa de Cultura Quebra Cabeça, que, também, é uma das ideias dos integrantes. O momento mais difícil é o fato de que dois dos integrantes, PH e Will, não estão mais residindo em Soledade, o que acaba dificultando e diminuindo o fluxo da produção e ensaios do grupo.

Outra questão complicada é o patrocínio e apoiadores para a viabilização dos projetos, tornando-se um dos impasses do grupo. “Ainda temos o sonho do lançamento do nosso primeiro CD, gravar cada vez mais videoclipes e desenvolver toda essa gama de oportunidade ao qual nosso talento se enquadra. A mensagem é simples… Acredite em você mesmo. Nunca desista dos seus sonhos. Abrace o teu irmão. Mova-se.”, assim os rappers de Dos Pampa Crew deixam o recado.