Notícias

25ª CRE oferece vagas para Soledade e municípios de sua abrangência

Por Keilly Camargo

O Secretário de Estado da Educação Faisal Mothci Karam no uso de suas atribuições legais, tornou público no dia 30/1, para conhecimento dos interessados, que estiveram abertas nas 29 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) e Divisão Porto Alegre (DPA) abrangendo mais de 400 municípios, as inscrições para o cadastro temporário de contratação emergencial, para o exercício da função de professor para todas as áreas do conhecimento e habilitações da educação básica nas suas etapas e modalidades, bem como na educação profissional e agente educacional 1 (merendeiras e serventes) e técnico agrícola através de editais do Diário do Estado do RS.

Conforme o edital, o cadastro serve para suprir necessidades por afastamento de professores e de funcionários - agentes de educação. A quantidade de vagas e de municípios depende da demanda de cada CRE. Os candidatos interessados realizaram as inscrições via internet, do dia 31/1 a 7/2, sexta à quinta-feira, através do site www.educacao.rs.gov.br ou nas CREs.

No caso dos municípios de Soledade, Barros Cassal, Espumoso, Fontoura Xavier, Ibirapuitã, Mormaço, São José do Herval e mais 12 cidades de abrangência da 25ª CRE, sita à Rua Dr. Flores, nº 152, Centro, sendo Nicolau Vergueiro na 7ª CRE em Passo Fundo e Tio Hugo na 39ª em Carazinho; logo após concluir o cadastro online, o inscrito recebeu um número que devia ser impresso e encaminhado à CRE junto aos seus documentos. O candidato se inscreveu para a CRE e município, podendo se cadastrar para no máximo dois deles. A inscrição foi considerada aceita quando o cadastrado procedeu à entrega dos documentos que comprovam habilitação para o cargo pretendido, junto à ficha de inscrição entregue dentro do prazo estipulado pessoalmente ou via correios. Os inscritos são classificados em suas habilitações para as áreas do conhecimento de acordo com a documentação apresentada.

A classificação final dos selecionados, segundo os critérios estabelecidos, será publicada no Diário Oficial do Estado. O melhor classificado será notificado somente uma vez. Não aceitando, deverá acompanhar as vagas divulgadas no site e manifestar-se como os demais classificados, se for de seu interesse. Caso o primeiro colocado não aceite, será divulgada, no site da SEDUC (Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul), a vaga existente para conhecimento e/ou inscrição dos candidatos classificados interessados.

Caso não seja possível a divulgação no site da SEDUC, a Coordenadoria providenciará, por intermédio dos meios de comunicação locais ou nas formas usuais de comunicação da comunidade, as informações relativas à vaga disponível (o número de horas necessárias, turno, habilitação e área do conhecimento da necessidade, município e escola) indicando a carga horária necessária e turnos de trabalho, bem como o chamamento dos classificados no cadastro na área dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, e na área profissional, para manifestação dos interessados, no prazo limite de 48h, ou dois dias úteis.

Conforme a diretora do Departamento de Recursos Humanos da DRH/SEDUC, as disciplinas e cidades constantes no edital foram obtidas após pedido das coordenadorias. A classificação final dos candidatos inscritos e selecionados, segundo os critérios estabelecidos no edital, será publicada no mesmo meio. Aquele que discordar com sua classificação, poderá interpor junto à CRE, recurso no prazo de 48h, a contar da publicação do Edital de Classificação Final.