História de Vida

Lugar de mulher é onde ela quiser

Por Informativo Regional

A soledadense Bruna Miranda tem 22 anos de idade e, segundo ela, sempre foi muito apaixonada pelo futebol, desde criança assistia a jogos e praticava esse esporte. “Por isso, hoje está sendo muito gratificante para mim exercer um papel muito importante dentro de um jogo que é predominante por homens e sendo a primeira mulher a atuar como bandeirinha em Soledade” destacou a mãe e estudante.

“Quem me conhece sabe que amo esporte, então um dos motivos para essa escolha foi esta paixão pelo futebol e arbitragem. Ainda há muitos torcedores machistas que gritam frases como ‘Não é lugar para mulher. Lugar de mulher é em casa lavando roupas e cozinhando’. Mas ser mulher para mim é ser guerreira, não temer a nada, ir atrás do que realmente quer não importando com o que irão dizer” afirmou a bandeirinha.