Rural

Coagrisol incentiva participação de produtores de leite no Projeto Pisa

Por Assessoria de Imprensa

Preocupada em fomentar ações que garantam aumento da produtividade e rentabilidade leiteira nos municípios de sua atuação, a Coagrisol está apoiando a implementação do Programa de Produção Integrada em Sistemas Agropecuários – PISA, no município de Soledade. Neste sentido, um encontro de apresentação do programa aconteceu no auditório da Cooperativa, em Soledade, no dia 27/02.

O objetivo da ação, foi incentivar os produtores a participarem do Programa, que é gratuito. O projeto tem entre quatro anos de duração, com alta intensidade de consultorias técnicas, além de outras ações baseadas nos pilares de sustentabilidade que guiam o projeto. O programa visa trabalhar de forma customizada cada propriedade, de acordo com as características, necessidades e objetivos do produtor. Além da Coagrisol, a ação tem apoio do Sicredi, FARSUL, SENAR-RS e SEBRAE/RS através do programa Juntos Para Competir, e ainda se somam a iniciativa a Prefeitura de Soledade e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Soledade e Mormaço.

De acordo com diretor financeiro da Coagrisol, Paulo Régis Correa, a produção de leite tem um grande caminho a ser percorrido. “ Temos o programa voltado aos nossos cooperados, onde desenvolvemos uma série de ações, como treinamentos, consultoria e etc. , mas queremos ampliar o mix de ações para estar lado a lado com o produtor, garantindo a ele o apoio necessário para seguir sua produção, por isso apoiamos e incentivamos a adesão ao PISA para que ele possa ser executado em Soledade” comenta.

Na apresentação, o consultor do Sebrae, Marcelo Irala, trouxe dados sobre o PISA, enfocando que o resultado do programa, é uma produção mais rentável e sustentável, explorando o que cada propriedade rural tem de melhor. A estratégia é baseada nos quatro pilares de sustentabilidade estabelecidos pela FAO (organização das nações unidas para alimentação e agricultura), sustentabilidade ambiental, resiliência econômica, boa governança e bem-estar social.

Os produtores que participaram do evento, responderam um questionário, que agora passa por fase de avaliação para em seguida serem formados os grupos, iniciando assim a execução do Programa em Soledade.

“Nossa propriedade está situada no 3º Distrito de Soledade, Santa Terezinha. Este evento denominado “Leitek” realizado pela Coagrisol é o primeiro programa que participamos abrangendo tecnologia, mudanças de conhecimento e gestão de propriedades de leite, que é onde estamos buscando qualificação. Antes eu atuava como empregado, agora trabalhamos de forma efetiva há, aproximadamente, 4 anos. Já faz 1 ano e meio que trabalho em casa, onde comprei mais rebanho e na qual estamos começando a aumentar a produção” salientou o proprietário ibirubense, Emilio Jeferson Timano.

Segundo ele, hoje conta com 21 vacas, sendo 16 em lactação, produzindo em torno de 9 mil litros de leite por mês. “Adquirimos conhecimento com este evento que nos beneficia muito, pois são ajustes que nos ajudam a evoluir, desde solo, ordenha, higiene, infraestrutura, ou seja, um agregado geral. Atualmente, se possuirmos uma boa qualidade de leite, somos avaliados de uma forma melhor. Com isso, também buscamos melhorar nossa qualidade de vida com base no ganho do leite na nossa propriedade, onde trabalhamos em 4, eu, minha esposa e meus sogros” argumentou.

“É uma oportunidade muito boa, em vista de que é dado índices para que possamos fazer as colocações e investimentos necessários e, aqueles que não são precisos também, pois assim podemos aumentar custos, dividir ganhos e aumentar produção. E nosso objetivo é dar sucessão a este trabalho, fazendo com que as pessoas permaneçam atuando nas propriedades da zona rural” concluiu ele.