Rural

Parcela reforça importância da análise de solo

Por Assessoria de Imprensa

“O solo é a base de tudo. Não adianta ter as melhores sementes ou os melhores insumos se não adotarmos práticas conservacionistas para a terra em que iremos plantar”. A frase dita pelo extensionista da Emater/RS-Ascar, Vagner Moro, resume a abordagem dada na parcela que discute Solos, no Espaço Casa da Emater, na Expoagro Afubra, em Rio Pardo. No local, os extensionistas destacam ações que reduzem perdas de água e solo por erosão, como rotação de culturas, coberturas de solo e uso de plantas recuperadoras, entre outros.

Para Moro, a análise de solo é um processo amplamente necessário e que indicará quais os fatores limitantes para que haja equilíbrio no sistema. “Não adianta colocar adubo sem saber qual o nutriente que está faltando”, salienta. Na parcela, os extensionistas também orientam os visitantes sobre a forma correta de se fazer a coleta para a análise. “Toda a atenção que dermos para o solo, resultará em um melhor desenvolvimento das plantas, com maior produtividade e, consequentemente, mais renda”, reforça.

Como parte da estação, os visitantes também podem entrar em uma trincheira em que está exposto um sistema radicular compactado e outro não. O comportamento do sistema radicular de algumas plantas como milho e soja também pode ser observado, levando-se em consideração o desenvolvimento das plantas.