Rural

Qualidade da água é assunto da parcela de Saneamento Ambiental

Por Assessoria de Imprensa

A proteção de nascentes e a importância de ter água de qualidade nas propriedades rurais, livre de contaminantes físicos como folhas, raízes e detritos e biológicos como bactérias, é apresentado na parcela de Saneamento Ambiental, no Espaço Casa da Emater, na Expoagro Afubra. Para tanto, foi construído um sistema de proteção de fonte com clorador, filtro e caixa d’água para mostrar ao público como é um processo de fácil construção e com baixo custo. “Esse é um sistema simples, que melhora em até 90% a qualidade da água”, explica a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Ana Claudia Miotto. 

No local, também são expostos os efeitos das análises de água antes e depois da proteção de nascentes, mostrando os resultados que podem ser obtidos pelos agricultores. Também é destacada a importância das Áreas de Preservação Permanente (APP) que, em propriedades rurais consolidadas, deve ser de 15 metros de raio, a qual deve ser cercada e, se necessário, recomposta com mudas nativas.

O sistema de proteção de nascentes consiste na construção de uma pequena estrutura de proteção da água que aflora dos lençóis subterrâneos, cobrindo com lonas ou pedras para que nenhuma forma de contaminação física, química ou biológica do ambiente polua a água que vai ser consumida. Em seguida, a estrutura é preenchida com rochas de diferentes tamanhos e, em uma pequena estrutura, são colocados canos de limpeza, de captação da água e um cano extravasor para que o excedente da água continue percorrendo seu curso natural. “Muitas pessoas procuram esse sistema. E, aqui na feira, conseguimos atingir um grande público com essa informação. Nesse espaço o produtor consegue visualizar como é simples de fazer e a importância de atentar para detalhes que podem contribuir significativamente com a saúde das famílias rurais”, avalia Ana Claudia.