Notícias

Soledade é contemplada com equipamentos de segurança pública

Foi destinada uma viatura para a PC de Soledade e 24 coletes balísticos à BM

Por Informativo Regional

Na manhã de segunda-feira, 08/04, foi realizada a entrega de 112 viaturas para a Polícia Civil, 2.253 coletes balísticos para a Brigada Militar (BM) e 5 ambulâncias para a Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários) sendo um investimento que ultrapassa o valor de R$ 74,4 milhões. Grande parte dos recursos foi destinada pelos parlamentares da bancada gaúcha federal.

O Senador Lasier Martins, PSD (Partido Social Democrático)/RS, destinou aproximadamente R$ 2 milhões para alguns municípios gaúchos: Bagé, Bento Gonçalves, Canoas, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Maria, São Gabriel, Uruguaiana, incluindo Soledade. Segundo ele, a segurança pública é prioridade para a população gaúcha e necessita de investimentos. “Com a grave crise financeira que vive o Estado, o papel dos parlamentares da bancada gaúcha é contribuir e destinar recursos para as principais áreas, como é o caso da segurança. O RS deve estar acima de todos os interesses pessoais, ideológicos ou partidários. Precisamos trabalhar unidos pelo povo gaúcho”, destacou.

Os deputados federais Giovani Cherini (PR - Partido da República), Márcio Biolchi (MDB - Movimento Democrático Brasileiro), José Otávio Germano (PP - Partido Progressista), Assis Melo (PC do B- Partido Comunista do Brasil) e o senador Lasier Martins, indicaram a região da 24ª policial para recebimento dos veículos e equipamentos.

Soledade recebeu 24 coletes para a Brigada Militar e 1 veículo para a Polícia Civil, por meio do prefeito municipal Paulo Ricardo Cattaneo, presente no acontecimento. Municípios vizinhos também foram contemplados, sendo que nesta região policial as delegacias de Anta Gorda e Tapera receberam uma viatura. A BM dessas cidades foi igualmente contemplada com 12 e 5 coletes balísticos.

Durante o ato, o governador Eduardo Leite (PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira), comemorou o fato de que o 1º trimestre de 2019 chegou ao fim com o menor número de latrocínios já registrado no Estado desde 2002, quando a contagem começou a ser feita. “De janeiro a março deste ano, foram 16 casos, e sabemos que essa redução se dá com o trabalho incansável dos agentes de segurança pública, que trabalham diuturnamente para proteger o povo gaúcho” finalizou ele.