Notícias

Aberto processo seletivo para coordenador regional de educação

Por Informativo Regional

O governo do Rio Grande do Sul abriu na terça-feira, 09/04, as inscrições para o Qualifica RS, programa de seleção de lideranças para o setor público. É a primeira vez que cargos são preenchidos dessa forma na administração estadual. Todo o processo consiste em sete etapas e as inscrições podem ser feitas pelo link qualificars.rs.gov.br até o dia 03/05. As etapas consistem em análise curricular, teste de perfil, entrevista de mapeamento e competências, referências profissionais, pesquisa de crenças (etapa não eliminatória cujo objetivo é identificar a compatibilidade entre os valores do candidato e os objetivos do governo), painel com especialistas e, por fim, entrevista com o gestor da pasta a qual pertence o cargo em disputa.

Inicialmente, os aprovados desempenharão funções estratégias nas secretarias da Educação (Seduc) e de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). Na Seduc, são vagas para as 30 Coordenadorias Regionais de Ensino (CRE), o que inclui a 25ª CRE com sede em Soledade e que atende à região englobando os municípios de: Arvorezinha, Barros Cassal, Espumoso, Fontoura Xavier, Ibirapuitã, Mormaço, São José do Herval, Soledade, entre outros. Na Seplag, estarão em disputa 3 vagas para subsecretário de Gestão de Pessoas, diretor de Recursos Humanos e coordenador da Escola de Governo.

O governador Eduardo Leite (PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira) se mostrou entusiasmado. “O Rio Grande do Sul está inovando ao abrir um processo de seleção, especialmente para uma área tão sensível como a da Educação. Buscamos profissionais capacitados e aptos para a liderança, que possam qualificar a gestão”, explicou. Na visão da secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, essa iniciativa pioneira no RS é um marco na construção de uma agenda estratégica de gestão de pessoas, promovendo uma mudança de modelo gerencial com vistas à excelência na prestação de serviços públicos.

“Estamos dando o primeiro passo para que o governo obtenha a expertise, que hoje ele não tem, para fazer a seleção de lideranças a partir de critérios como capacidade de liderança, inovação e comprometimento com as ideias e metas da gestão”, comentou ela. O secretário da Educação, Faisal Karam, entende que, ao adotar critérios objetivos e transparentes, o processo seletivo valoriza os bons profissionais da rede de ensino.

“A seleção abre oportunidades para quem quer colaborar com a evolução da educação pública”, resumiu. O Qualifica RS é fruto de acordo de cooperação técnica (ACT) entre o Estado e a Fundação Lemann, representando uma aliança de organizações do terceiro setor, formada por Fundação Brava, Fundação Lemann, Instituto Humanize e Instituto República. O acordo foi assinado em 25 de fevereiro.