Notícias

Produtores de leite participam de palestra promovida pela Coagrisol na Exposol 2019

Por Assessoria de Imprensa

Com foco em levar aos produtores de leite conhecimento para que estes possam aumentar a produtividade e qualidade de sua produção, a Coagrisol oportunizou na tarde desta quinta-feira, 02/05, uma palestra com o tema “ Bacia Leiteira – Fazer bem feito é a diferença entre ter lucro ou prejuízo”. O conhecimento foi transmitido pela médica veterinária Ângela Balen, que é instrutora do SENAR e consultora do SEBRAE.

A atividade aconteceu no auditório do Museu da Pedra, onde por mais de uma hora, a profissional levou orientações para que o produtor possa otimizar recursos e produzir melhor “ Não temos interferência sobre o preço, que é uma pergunta sempre constante, mas temos poder total sobre o custo. Ou seja, o produtor tem caminhos para com baixo investimento aumentar a qualidade da sua produção, o que muitas vezes é básico, mas que exige atenção constante” comentou.

A prevenção de doenças, alimentação adequada, e o manejo básico de procedimentos são alguns dos caminhos. Neste contexto, Ângela alertou sobre a atenção que o produtor deve ter. “ Literalmente o produtor não deve inventar moda. Hoje com o acesso fácil de informação, muitos produtores acabam se iludindo com algumas soluções milagrosas e acabam tendo prejuízo. Por isso, é sempre necessário sensatez e acompanhamento técnico próximo e constante, pois cada propriedade é uma realidade diferente”. 

QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA

Avaliando a palestra, a diretora de varejo da Coagrisol, Cynthia Gradaschi Corrêa, comentou o foco que a Cooperativa está tendo com relação a bacia leiteira, e por isso está sendo desenvolvido um intenso projeto de fomento ao setor. “ Levar qualificação tanto ao produtor como ao nosso quadro técnico é fundamental para que possamos continuar produzindo mais e melhor. Ressalto que contamos com parceiros nesta iniciativa e temos a convicção de que este trabalho fará a diferença para milhares de pessoas, sejam eles produtores, familiares, e comunidades, pois o leite é ferramenta de giro econômico de forma permanente” disse.

RECONHECIMENTO

Ainda na palestra, foi feita a entrega de cheques simbólicos devido a bonificação paga pela Coagrisol e a CCGL aos produtores que ao longo de 2018 entregaram sua produção de forma ininterrupta. Ao todo, são mais de R$ 171 mil que estão disponíveis há cerca de 130 produtores, proporcionalmente ao volume de entrega de cada um.