Notícias

Melhor exemplar da Raça Holandesa é escolhido na Exposol

Por Informativo Regional

O julgamento da Raça Holandesa fez parte da programação da Feira do Agronegócio, Bovinos de Leite, Corte e Ovinos, durante a 19ª edição da Exposol no sábado, 04/05. Quatorze animais participaramneste ano em quatro categorias: de 0 a 6 meses, 7 a 12, de 13 a 18 e maiores de 18 meses de idade.

Para o coordenador da atividade, a avaliação do julgamento é muito positiva. “Essa atividade ocorre anualmente. Ela já aconteceu em outras edições, também de outras raças, porém, ultimamente, está sendo realizada apenas da Raça Holandesa, por que é a principal raça de gado de leite do Sul do Brasil, adaptada ao nosso clima e ao frio, então é a raça de maior importância econômica para o nosso estado”, garantiu Roger Terra de Moraes.

O médico veterinário, classificador da raça holandesa, inspetor de registro da Gadolando e jurado oficial da Raça Holandesa, Lucas Tomazi, foi quem realizou o julgamento. “Tivemos animais de extrema qualidade que mostraram um bom equilíbrio e harmonia excepcional. Umas terneiras com boa feminilidade, limpeza geral de corpo, mostrando também uma qualidade óssea desejável nos padrões da raça”, salientou ele.

Existem, hoje, quatro características básicas que são avaliadas na Raça Holandesa, sendo elas a força leiteira, pernas e pés, garupa e sistema mamário, conforme Lucas. “Podemos avaliar, ainda, a forma ou caracterização leiteira, que se trata da limpeza geral de corpo delas, o pescoço tem que ser bem limpo, comprido e a cabeça feminina, que mostra que o que esse animal come não é convertido em gordura e carne, mas em leite”, frisou.

Segundo ele, o maior desafio atual ao fazer esse julgamento é a grande qualidade dos animais. “A gente sempre compara os animais uns com os outros e escolhe a melhor, a reservada e a terceira. Temos animais muito bons e,às vezes, acabamos levando um ponto mais em consideração para definir a campeã”, concluiu.

Para Maciel Alba, ganhador representando a Granja Alba, é muito interessante participar nas feiras, pois é um modo de expor a qualidade genética do gado e da granja para comercialização dos animais. “Trabalhamos na produção leiteira, colocando muita dedicação no que fizemos na busca incansável por conhecimento”, salientou Alba.

Segundo ele, foi a 3ª vez que participou da Exposol, levando para casa o bicampeonato. “Já estou há mais de 10 anos participando em exposição por todo o estado. Pouco tempo atrás, estive no município de Ijuí/RS, que, por sinal, levei a grande campeã lá também. Nas premiações da Feira, conquistei: 2° lugar categoria 0 a 6 meses, 1° lugar categoria 6 a 12 meses, 1° lugar categoria 12 a 18 meses, 1° lugar categoria acima de 18 meses. E no grande campeonato, a terceira melhor fêmea, e ainda ficando grande campeã Exposol 2019”, contou ele.

“Acredito que superei minhas expectativas, pois o gado que participou no julgamento de outras Cabanhas mostrou muita qualidade também”, finalizou Maciel.