Polícia

Polícia Civil prende acusado por estupro de vulnerável em Barros Cassal

Homem tinha em seu desfavor um mandado de prisão expedido pela Comarca de Estrela./RS

Por Informativo Regional

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Barros Cassal, contando com o apoio de policiais civis de Tapera, Espumoso e Soledade, sob a coordenação do Del. Polícia Marcos Vinicius Muniz Veloso e da Del. Polícia Fabiane de Vargas Bittencourt, efetuou a prisão de A. D. M., 45 anos, o qual é acusado de crime estupro de vulnerável.

O crime:

O homem é apontado como autor de abusos e estupro de vulnerável de sua enteada, quando residia na cidade de Bom Retiro do Sul. Após os trâmites do processo judicial, o acusado foi condenado a uma pena de 11 anos e 4 meses.

O trabalho da Polícia Civil:

Após tomar conhecimento da condenação, o acusado se refugiou no interior de Barros Cassal. No local, embora sabendo de sua condição de foragido, ele passou a perturbar a tranquilidade e ameaçar pessoas idôneas da comunidade barros cassalense. A Polícia Civil, no decorrer da operação PC 27, tentou prender o acusado, o qual se evadiu do local. Na presente data, por volta de 5h da madrugada, policiais civis voltaram à residência do acusado.

Em um primeiro momento, este se escondeu, valendo-se de artifícios, mas os policiais se esconderam e obtiveram êxito em capturá-lo. Após os procedimentos legais na Delegacia de Polícia de Barros Cassal, o acusado será encaminhado ao Presídio Estadual de Soledade.