Notícias

Mudando de vida com a Convenção Comercial

Por Informativo Regional

A ACIS (Associação Comercial, Industrial e Serviços) de Soledade, desde 2015 lançou a sua Convenção Comercial. Ela é considerada um dos maiores eventos de empreendedorismo da região e, tem como objetivo agregar informações, melhorar o conhecimento e reviver nas pessoas atitudes que as levem a desenvolver melhor suas tarefas profissionais. Assim permitindo uma qualidade de vida melhor no convívio com a sociedade.

Fernando Martins, assessor de Comunicação e Marketing da Coagrisol, relatou sobre sua experiência com a convenção e sua realização profissional. “Há, aproximadamente, um ano, em uma noite fria, no Centro Cultural do nosso Município, eu fui a uma das palestras da convenção, a trabalho, já que, nesse período, eu atuava como colaborador de rádio”, disse ele.

“Eu estava passando por um momento de luta pessoal, no sentido de motivação, propósito e revendo se as coisas que eu estava fazendo realmente me completavam. Assisti o evento e, posteriormente, fui para casa, onde fiquei matutando tudo que ouvi na minha cabeça e, perto das 3h da manhã eu acordei e disse para mim mesmo que ia dar um rumo para minha vida”, relatou.

Martins pontuou que, no outro dia, pela manhã, pediu demissão do seu trabalho, explicou que gostava do que fazia e da melhor forma que podia, porém acreditava que não poderia ser útil para a empresa na forma que conseguiria ser, por isso se promoveu daquele mercado de trabalho.

“Após isso, eu engrenei em outro setor, ganhando menos do que o outro e sendo, inicialmente, estagiário. Foi um ato de coragem e loucura, mas logo depois, meu trabalho foi sendo explorado mais intensamente, até que hoje eu conquistei o posto em que eu trabalho, na Coagrisol”, salientou o assessor.

Para ele, talvez se não tivesse participado do evento, não teria tido coragem e iria continuar daquele jeito, no comodismo. “Aquela decisão exigiu muito de mim, mas também houve por parte do evento essa provocação, por isso, para mim a convenção me ensinou muito e, tudo que absorvi de conhecimento me fez refletir sobre a minha vida”, garantiu ele.

“Dessa forma, acredito que tudo na vida tem um propósito e a convenção me ajudou muito nisso, em relação ao episódio de tomar uma decisão voltada ao propósito que iria fazer a diferença pra mim. Ter a sensação de que eu estava fazendo bem pra empresa, na medida de que estaria dando oportunidade para outra pessoa mais motivada e coerente pudesse trabalhar lá”, afirmou.

De acordo com Fernando, ele também fez o bom para si próprio, já que quando não se é leal consigo mesmo, não se pode esperar lealdade de ninguém. “É sempre bom ouvir e prestigiar convenções, onde conseguimos tirar algo para nós mesmos refletir e pensar, podendo, assim, ter autocrítica e dar um norte na nossa vida”, refletiu Fernando.

“Todos nós devemos ter propósitos, pois inúmeras vezes muitas pessoas não sabem onde querem ir, por isso, qualquer lugar serve. Nesse contexto, a convenção serve para isso, para que consigamos nos situar a nível de mercado e conhecimento, para que possamos entender onde queremos chegar e aonde podemos chegar, e com isso, ter coragem para tomar iniciativa”, finalizou Martins. 

Foto:Clicsoledade.