Notícias

Cansados de promessas, agricultores se mobilizam em busca de solução

Agricultores do interior de Fontoura Xavier aguardam a canalização da água dos poços artesianos perfurados há anos

Por Informativo Regional

A comunidade de São Roque da Avipal, de Fontoura Xavier, esteve reunida na Câmara de Vereadores fontourense para reivindicar a instalação da rede de água do poço artesiano já perfurado desde 2015. São mais de 30 famílias que serão beneficiadas com a água deste poço, visto que, essas a recebem e usam-na das vertentes das próprias propriedades.

Além disso, já foi constatado que ela não é própria para o consumo. Conforme os moradores da comunidade, em época de seca, alguns deles sentem a escassez da água para consumo próprio. Por isso, eles estão desacreditados de um dia conseguir água potável, recurso primordial para a sobrevivência humana digna.

Além disso, muitos já relataram que, por algumas vezes, entidades e representantes políticos já estiveram no local para falar que o projeto estaria pronto e a verba destinada para a solução deste problema, contudo, nada ainda foi concretizado. O secretário da Agricultura do Município, Paulo Reinheimer da Silva, relatou estar fazendo um fomento desse trabalho, para que quem tiver os poços abertos, cobrem daqueles que votaram, sendo os vereadores e representantes políticos. “Para que, assim, os agricultores consigam uma verba para que aquilo que eles querem, seja feito, pois, hoje, água é saúde e o nosso povo precisa dela. Por isso, essas pessoas devem ter atitude, pois há mais de um poço aberto, onde já estamos os ajudando, visando solucionar esse problema”, declarou o secretário.

“Esses poços foram perfurados pelo governo do estado, o restante ficou por conta da Prefeitura Municipal de Fontoura, que seria a instalação da rede. Porém, ela ainda não está pronta devido às condições do Município, por isso, estamos tentando levar estes projetos para as mãos dos deputados, para conseguirmos recursos para finalizar essas obras. Visto que, atualmente, é o único meio viável de conseguir isso, pois nossa Administração está passando por um momento de crise”, pontuou Paulo Reinheimer.