Notícias

Soledade é contemplada com roteiro itinerante

Programas de incentivo exaltam a vocação turística do Estado

Por Assessoria de Imprensa

Texto: Suzy Scarton

Edição: Vitor Necchi/Secom

Fotos: Gustavo Mansur/Palácio Piratini


A tarde desta quarta-feira (31/7) no Palácio Piratini foi de incentivo a uma área importante para o desenvolvimento econômico e o crescimento do Rio Grande do Sul. Lançados com a presença do governador Eduardo Leite e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os programas Investe Turismo e +Turismo.RS impulsionarão o potencial turístico do Estado.

Além de exaltar o potencial turístico natural do Estado, que inclui as belezas regionais, o governador lembrou a importância do trabalho e da dedicação da iniciativa privada que, sem depender exclusivamente de incentivos governamentais, se esforça para gerar riquezas em cada uma das regiões turísticas.

“Queremos potencializar a vocação turística já existente. Com o apoio dos bancos de fomento e do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), serão elaborados projetos que identificam equipamentos culturais e urbanos que ajudarão a alavancar a exploração turística da localidade e, assim, viabilizar financiamentos”, explicou.

O +Turismo.RS é uma parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o Ministério do Turismo, o Sebrae, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Badesul – Agência de Fomento e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

O programa, de caráter itinerante, oferecerá apoio técnico aos municípios selecionados interessados em aprimorar a estrutura para atrair turistas. A intenção do programa é facilitar a adesão a linhas de crédito dos bancos de fomento, com juros facilitados de 7% a 10% ao ano, prazo de 20 anos para quitação e carência de até quatro anos.

A partir do dia 15 de agosto, a equipe técnica visitará representantes do setor público e privado de uma cidade em cada uma das 27 regiões turísticas do Estado. Entre estas cidades contempladas pelo roteiro itinerante está Soledade.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RS, Gilberto Petry, explicou que a união de esforços traduzida na parceria promoverá uma convergência de ações em prol do desenvolvimento turístico no Estado. “Será de vital importância para pequenas e micro empresas especializadas no setor”, acrescentou.

O governador assinou termo de cooperação entre o Estado e o Sebrae-RS, visando à cooperação na elaboração de projetos que promovam o desenvolvimento do turismo local e regional. Programas como o RS Parcerias e o RS Seguro, embora não estejam diretamente ligados ao turismo, beneficiam a experiência dos visitantes que chegam ao Rio Grande do Sul.

“A concessão de rodovias, por exemplo, viabilizará a qualificação das estradas, melhorando a experiência dos deslocamentos dentro do Estado. A concessão de aeroportos também é uma forma de qualificar a infraestrutura aeroportuária, atraindo mais visitantes”, ressaltou o governador.

O RS Seguro contribui para garantir a segurança dos turistas, a fim de que possam desfrutar de uma estada tranquila e revigorante.

Titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ruy Irigaray afirmou que os programas serão responsáveis por intensificar algo que o Rio Grande do Sul já faz com grande capacidade. “A parceria qualifica ainda mais a indústria e facilita a vida dos empreendedores para obter investimento em infraestrutura”, afirmou.