Notícias

Coagrisol abre turma do Programa Aprendiz Cooperativo do Campo em Soledade

Por Informativo Regional

Ao todo, são 19 participantes e aula inaugural foi na noite desta segunda-feira (5), na comunidade de Pontão da Boa União


Estimular a permanência do jovem no meio rural, promover a sucessão familiar profissionalizada, o empreendedorismo cooperativo e profissionalizar a gestão de pequenas e médias propriedades rurais. Estes são os objetivos do Programa Aprendiz Cooperativo do Campo, que em Soledade vai ser desenvolvido pela Coagrisol e é uma ação da Ocergs/Sescoop-RS.


A aula inaugural aconteceu na noite desta segunda-feira, 5/8, no salão da comunidade de Pontão da Boa União, oportunidade em que foram apresentados aos 19 participantes e seus pais, os propósitos da iniciativa. O projeto contempla jovens de 14 a 24 anos e será desenvolvido ao longo de 18 meses na Escola Dona Darcila.


O programa contempla moradores das comunidades de Pontão da Boa União, Raia da Pedra e Santa Terezinha, que durante todo o período recebem salário e tem a carteira de trabalho assinada. O cronograma compreende duas semanas em sala de aula e outras duas em suas propriedades desenvolvendo atividades dirigidas.


O presidente da Coagrisol, José Luiz Leite dos Santos, afirma que está sendo ofertado algo inédito para Soledade e região. “Vocês serão a primeira turma de Aprendizes do Campo, filhos de nossos cooperados e que terão atividades dirigidas para qualificá-los e torná-los cada vez mais competitivos. Temos convicção de que farão toda a diferença”, garantiu.


Quem vai executar o programa será a Cooperconcórdia, de Santa Rosa, e o presidente, Alexandre Dall’Agnese, pontua que eles aprendam gestão. “Qualificá-los para que o façam de maneira eficiente, pois a propriedade rural é uma empresa, preparando-os para se tornaram mais competitivos e bem sucedidos nas atividades agropecuárias”, assinalou.


Tiago Moroni de Souza, diretor de negócios e de aprendizagem da Cooperconcórdia, destacou que este é um passo importante que cada um dos participantes estão dando. “Temos uma grade curricular que compreende módulos básicos e específicos, onde são desenvolvidas todas as habilidades necessárias para que possam administrar suas propriedades”, garante.


Para dar início as atividades, a professora Ires Machado Godoflite conversou com os jovens sobre cooperativismo, primeira disciplina do Aprendiz Cooperativo do Campo. As aulas estão previstas para serem desenvolvidas até o dia 11 de dezembro de 2020.