Notícias

Agricultores de Soledade recebem mudas de frutíferas

Por Assessoria de Imprensa

 A Emater/RS-Ascar iniciou nesta quinta-feira (08/08) a entrega de mudas de figo, caqui e pêssego para agricultores beneficiários do Plano Socioassistencial da Instituição. A segunda distribuição aconteceu na propriedade da agricultura Natalina Sandawski, na localidade de Boqueirão do Butiá, interior do município de Soledade. Ao todo, serão entregues 280 mudas para 95 famílias do município. As frutíferas foram adquiridas por meio do patrocínio do Sicredi.

 

Segundo a chefe do Escritório de Soledade e extensionista Rural Social da Emater/RS-Ascar, Juliane Pires da Conceição, a ação é voltada à Segurança e Soberania Alimentar. “A maioria dessas famílias acompanhamos desde 2012 pelo Projeto Fomento. A proposta é para que as pessoas tenham a produção de alimentos diferenciados e com variedade, que conheçam os manejos realizados e com isso melhore a qualidade dos alimentos fornecidos às famílias. Orientamos também sobre o aproveitamento integral da produção, com receitas diferenciadas, aproveitando cascas, folhas e caules das plantas e, num terceiro momento, que essas famílias possam comercializar o excedente da produção e ter uma alternativa de renda”, explica.

 

Com as mudas o técnico em Agropecuária e o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Ederson Garcia e Roger Terra de Moraes, orientam os agricultores sobre a correta forma de plantio, o manejo do pomar e as podas das variedades entregues, bem como demonstram a atividade na prática. “O ideal é fazer uma cova de plantio funda e ter boa disponibilidade de água para que a planta possa se desenvolver”, explicou Garcia.

 

A ação também conta com a participação da oficial de Registro Civil, Joana Malheiros, que orienta sobre a importância da documentação pessoal. A equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente acompanha as atividades e explica aos produtores sobre questões ambientais como licenciamento para a poda de árvores e construção de açudes, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Alessandro Gasparin, fala sobre habitações rurais por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). “Convidamos as entidades para participar e divulgar o seu trabalho e com isso facilitar o acesso das famílias às políticas públicas. Sabemos que esse trabalho de assessoramento que prestamos é feito em longo prazo. Só assim é possível contribuir com o desenvolvimento das famílias e por isso as parcerias são tão importantes”, avalia Juliane. A conclusão da entrega das mudas para as 95 famílias deve acontecer na terça-feira (13/08).