Notícias

Elo de amor entre crianças e jovens comove

Por Keilly Camargo

Mais uma vez a turma 103 (1º ano do Ensino Médio), do Instituto Estadual de Educação Maurício Cardoso, sensibilizou-se e se colocou no lugar do próximo, dando exemplo. Agora, a classe está desenvolvendo o projeto “Criança Feliz”, que busca a arrecadação solidária de brinquedos que serão doados para crianças necessitadas.

A coordenadora da ação e professora, Jussara Motta Pasquetti, aduziu que a ideia para o projeto surgiu em uma das aulas de Ensino Religioso. “Através do texto ‘O que é ser solidário’, onde, durante uma reflexão, os alunos se depararam e pensaram que existem muitas pessoas passando por dificuldades, estando, às vezes, muito perto de nós”, disse ela.

“Com isso, a turma pensou em fazer algo para as crianças que sonham em, no Dia das Crianças (12/10 – próximo mês), ganhar um brinquedo ou presente. E, assim, surgiu a proposta desse projeto”, informou Jussara.

A educadora também destacou que o objetivo é recolher brinquedos novos e usados através de uma campanha de arrecadação. “Ela acontecerá na escola mesmo, durante o mês de setembro. Para que na semana da criança possamos entregar os donativos à turma na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) César dos Santos Ortiz. Por isso, todos aqueles interessados em colaborar devem se dirigir até a escola ou a algum integrante da turma”, mencionou.

Sobre a importância do projeto, a coordenadora ressaltou que busca despertar nos estudantes e professores do educandário o sentimento da solidariedade e do amor. “O pouco para alguns significa muito para outros, em que para uma criança, um sorriso pode ser algo gratificante”, lembrou Pasquetti.

As alunas, Cauani Rodrigues e Ana Carolina Wendt, enfatizaram a alegria de fazer parte de uma ação tão importante para as crianças carentes do Município. “É uma satisfação enorme saber que farei alguma criança feliz. Além de que, para esses pequenos, não é preciso muito para ser feliz, basta doar um brinquedo que, talvez, ninguém use mais. Por isso, depois de ajudar e fazer parte desse projeto, o sentimento que fica é de gratidão”, primou Cauani.

Já a estudante Ana Carolina, frisou que a turma vem há um bom tempo realizando projetos em prol, principalmente, das comunidades escolares mais carentes de Soledade. “Nosso objetivo não é somente arrecadar e distribuir os brinquedos para os alunos da creche, mas, sim, ter um dia especial com eles, nos aproximar, brincar e nos divertirmos”, explicou.

“É com clareza que o projeto vem mostrando que é preciso cuidar das crianças de hoje, pois elas serão os adultos de amanhã, e se quisermos que o mundo melhore devemos preservá-las, para que nunca percam a imaginação, pureza e alegria contagiante que cada uma delas transmite”, enalteceu a aluna.

Wendt acrescentou, também, que o coração transborda de felicidade ao ver que podem estar mudando o dia de uma criança. “Não só pelo motivo de estar doando um brinquedo, mas, também, por ter a oportunidade de ter um momento com elas, que nos faz voltar ao passado e sentir saudades dos tempos de criança”, pontuou ela.


Foto Créditos: Keilly Camargo