Série de Reportagens

Soledade é Joia encerra com sucesso de público e negócios

Por Informativo Regional

A Feira Soledade é Joia possibilitou ao público de Soledade e região fazer bons negócios durante os três dias de evento, que encerrou no domingo, 10/11. Ainda com os números finais não contabilizados, os organizadores afirmaram que a 7ª edição da exposição obteve sucesso.

Gilberto Bortoluzzi, coordenador do evento e presidente do Sindipedras, avaliou que os objetivos foram alcançados. “Tivemos uma grande presença do público local e regional, em que começamos bem na sexta-feira, já no sábado fomos prejudicados em função da chuva, porém no domingo a movimentação foi bem expressiva”, assinalou.

Em conversa com os expositores, ele salientou que a maioria demonstrou estar satisfeitos com as vendas. “Claro que tem alguns que por vezes acabam não alcançando seus objetivos por motivos alheios, mas no geral foi positivo. Também, tem muitos que fazem contatos durante a feira e que concretizam os negócios mais a frente”, enfatizou Bortoluzzi.

O coordenador apontou, ainda, que os destaques desta edição foram, primeiramente, a climatização do pavilhão, que teve 100% de aprovação. “Outro ponto positivo foi à parceria estabelecida com a Sicredi, que possibilitou taxas e prazos especiais no segmento de veículos e construção civil, assim como os shows, que foi um sucesso”, garantiu ele.

Como ideias a serem consideradas para as próximas edições, Bortoluzzi sugere realizar rodadas de negócios, especialmente no setor de pedras. “Quem sabe formarmos uma parceria com o SEBRAE, focando esta ação especificamente para os lojistas. Mas no geral, a Soledade é Joia está consolidada no Município e mantém o formato atual”, observou Gilberto.

Por fim, o Bortoluzzi acredita que fez um bom trabalho a frente da coordenação da Feira. “Para grandes conquistas são necessários grandes sacrifícios. As três entidades continuarão unidas na realização da Feira, que já tem a próxima data confirmada, vai acontecer de 13 a 15 de novembro de 2020”, informou o coordenador.

O prefeito, Paulo Ricardo Cattaneo, destacou que essa edição trouxe muitas inovações para o evento. “Foi uma Feira maravilhosa, de sucesso e com shows relevantes, não somente pelos artistas que foram trazidos, mas também pelos nossos artistas locais que se apresentaram na sexta e sábado”, exaltou ele.

“Estamos extremamente felizes. Por isso, queremos agradecer a parceria das entidades e o pessoal da Prefeitura que se dedicou em trabalhar antes, durante e após a Feira, buscando deixar tudo em dia. Também, temos que parabenizar, em especial, os nossos empreendedores que acreditam em sua capacidade e produtos, por isso vieram expor, e saem todos contentes, pois expuseram e fizeram bons negócios nessa vitrine que é a Soledade é Joia”, reconheceu Cattaneo.

O presidente da APPESOL, Queni Deves, salientou que no evento foram feitos bons negócios, com resultados positivos. “A equipe da Associação trabalhou incansavelmente, e sem dúvidas, no próximo ano a entidade estará apoiando a Feira novamente”, exclamou Deves.

“Vamos buscar analisar os 100% da Feira, tanto as coisas positivas quanto as negativas. Para que assim, na próxima edição, possamos melhorar as falhas que houveram neste ano. Mas com certeza, em 2020, a Soledade é Joia será outro grande sucesso”, pontuou Queni.

A Soledade é Joia aconteceu entre os dias 8 e 10/11, no Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz, sendo uma realização do Sindipedras, da Associação de Pequenos Pedristas de Soledade (APPESOL) e da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Soledade (ACIS). Todas as informações você encontra no site www.soledadejoia.com.br e na página no Facebook: @soledadeejoia.