Série de Reportagens

Manir Zeni - Presidente do PSB

Eleições 2020

Por Informativo Regional

As eleições municipais 2020 estão se aproximando e é nítida a movimentação de pré-candidatos que pretendem disputar o cargo de prefeito, vice e vereadores em Soledade. Dessa forma, conversamos com os presidentes de partidos do Município para entender quais são suas expectativas e perspectivas para os rumos dos próximos quatro anos de Soledade. 


Manir Zeni (PSB)

IR: Como você vê as eleições 2020?

“É necessário adotar a teoria do fazer mais com menos, e as eleições é a oportunidade para os eleitores buscarem essa situação. A população tem a chance de eleger pessoas preparadas e competentes para gerir a administração dos recursos públicos municipais”.

IR: Qual motivo de não lançar candidatura própria?

“O PSB tinha candidaturas próprias para prefeito e vice, e estava trabalhando com essa possibilidade. Porém, não conseguimos reunir apoio político de outros partidos, e ao mesmo tempo, entendeu que a eleição poderia polarizar entre o candidato do MDB e o do PSDB, assim tendo poucas chances de vitória”.

IR: Porque apoiar a atual administração?

“Tenho como principal motivo, a não ruptura neste governo, o qual está conseguindo trazer para Soledade uma empresa que é um sonho muito antigo do povo da nossa terra. A Vibra está prometendo e certamente vai cumprir, a geração de 1.500 a 2.000 empregos nos próximos anos. É uma oportunidade ímpar para a sociedade soledadense, pois já estamos vendo efeitos deste investimento, e sem dúvidas, nos próximos meses e anos veremos muitos outros”.

“Dessa forma, penso que se fizéssemos uma ruptura da atual administração e colocássemos uma de oposição, poderia haver algum risco neste empreendimento, o que não seria bom para o Município. É necessário a continuação desta operação no sentido de que Soledade continue firme e forte com a Vibra”.

IR: Observando o atual cenário político com seus pré-candidatos definidos, quantas cadeiras no legislativo você acredita ocupar?

“Ainda não estamos com todas as candidaturas definidas. Neste momento, temos em torno de 15 candidatos definidos a vereança, e alguns em debate e discussão. Se conseguirmos fechar a chapa conforme pretendemos, vamos almejar e lutar para ter três cadeiras. Todavia que em virtude do número e dos candidatos que temos, estamos seguros de que vamos eleger dois vereadores. Vamos trabalhar e após a convenção, buscaremos a terceira cadeira”.