Notícias

APAE realiza Café Colonial em drive thru

Adaptado para “Café Colonial da APAE em Casa”, o evento passou por ajustes em virtude da pandemia. A data prevista para acontecer é nos dias 28 e 29 de maio

Por Keilly Camargo

O tradicional Café Colonial da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, mantenedora da Escola de Educação Especial Luz e Liberdade de Soledade está em sua 9ª edição e acontecerá nos dias 28 e 29 de maio, através da modalidade drive thru, assim como já aconteceu no ano passado em virtude da pandemia da Covid-19.

O evento foi adaptado para “Café Colonial da APAE em Casa” em virtude da realidade enfrentada, e foi tão acolhido pela comunidade que, neste ano, em sua 9ª edição tradicional e 2ª adaptada se manterá na modalidade drive thru.

Rozane Giacomini Chiarello, presidente da APAE, destaca que todo evento pode ser aperfeiçoado.  “Sempre é possível melhorar. Em 2020, fizemos o primeiro Café em Casa e observamos juntamente com a diretoria, Amigas da APAE, equipe diretiva, professores e funcionários da escola que alguns pontos devem ser aprimorados, a exemplo do designer da cesta que este ano será de papel e terá produtos embalados a vácuo para melhor conservação e higiene. Outra novidade é que o salame não será cortado, pois colocaremos mini salames inteiros na cesta, que servem no mínimo duas pessoas”, disse.

Ela ressalta que devido à grande procura na edição anterior, esse ano foram confeccionados 1.500 cartões, que já estão sendo comercializados pelas entidades apoiadoras do café, ao custo de R$30,00. O horário para retirada das cestas se manterá das 10h às 16h, na sede da entidade. “Os produtos que irão compor a cesta serão os seguintes: salame (inteiro), queijo (inteiro, embalado a vácuo), torresmo, bolacha olho de sogra, chimia de abóbora, cuca, pão caseiro, além de compotas de doce de ambrosia, abóbora e jaracatiá, para vendas separadamente”, citou a presidente.

Segundo Rozane, a expectativa era de realizar a edição presencialmente neste ano, mas não foi possível. “Temos fé e esperança de que logo possamos nos reunir novamente em um evento presencial e como foi uma proposta muito bem acolhida pela comunidade, pensamos em manter a modalidade drive thru, além do café fornecido presencialmente na entidade nas próximas edições, mesmo que tudo volte à normalidade”, enalteceu.

Ainda, conforme ela, o grande desafio foi readaptar um evento tão tradicional que acolhia a comunidade nas dependências da APAE. “Preparávamos a escola com muito carinho para receber a comunidade e mostrar um pouquinho do nosso trabalho, mas diante deste cenário precisamos nos adaptar e propor um evento com distanciamento social, sem a confraternização e a troca afetiva que o evento presencial nos proporcionava, esse foi o maior desafio”, afirmou.

A realização do primeiro drive thru no Café Colonial fluiu muito bem, pois além da APAE estar inserida em um local mais retirado, a mobilização da equipe possibilitou à entrega dos kits nos carros sem maiores problemas e sem nenhum tipo de aglomeração.

Além do envolvimento da diretoria, coordenada pela presidente  Rozane, a organização do evento conta com a colaboração de Camila Brum de Azambuja, diretora da EEE Luz e Liberdade, dos  profissionais, pais e alunos do educandário, bem como, das “Amigas da APAE” patronesses do Café Colonial, ao qual passou a contar com novas integrantes a partir deste ano, sendo elas: Bia Primmaz, Carmem Magri, Deisi Bortolini, Elizette Scorsatto Ortiz, Eva Serena, Maria Lêda Lóss dos Santos, Neura Betezini, Rosemari Dalla Vecchia Pasetti, Rosimeri Lúcia Lodi, Tânea Trevisol e Vera Maria Teló de Lima também uniram-se à entidade.

PONTOS DE VENDA:

Os cartões para o Café Colonial estão à venda nos seguintes locais: Rosemary Confecções; Loja Guri Guria; Salão Bia Beauty; Batezini; Sindicato Rural e APAE. Os cartões também podem ser adquiridos com os organizadores do evento.


Foto: Divulgação