Notícias

Novas remessas irão ampliar vacinação das comorbidades e imunizar trabalhadores de portos e aeroportos

Por Assessoria de Imprensa

A Secretaria da Saúde e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/RS) pactuaram, no início da tarde desta quarta-feira (26/5), que as 353.250 doses da Oxford/Astrazeneca que chegaram ao Estado na manhã desta quarta, somadas ao lote de 37.440 doses da Pfizer que devem ser enviadas ao RS no final do dia, serão utilizadas para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades, deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e gestantes e puérperas com comorbidades e/ou gestantes ou puérperas que apresentem indicação médica após avaliação de risco/benefício.

As vacinas dessas duas remessas também servirão para imunizar trabalhadores do transporte aéreo e portuários de todo o Estado. Parte das doses serão destinadas ainda para começar a vacinar pessoas com deficiência permanente grave. "Os municípios que completarem a etapa das comorbidades podem ir avançando no grupo das deficiências permanentes", explica a secretária da Saúde, Arita Bergmann.